terça-feira, 8 de março de 2011

Plantação de Courgettes

As Courgettes semeadas no dia 15 de Janeiro, já la vão quase 2 meses, já estavam suficientemente crescidinhas para serem plantadas no seu local definitivo. Certo que não nasceram bem, fruto talvez de serem sementes retiradas de uma Courgette gigante colhida na época passada, demoraram bastante a desenvolver-se talvez pelo frio e tempo encoberto ou mesmo por terem sido semeadas muito cedo. Não sei, mas já que sobreviveram e que já tenho um talhão ideal e já cavadinho bem fundo para as plantar, lá vão elas. Daqui a um curtinho mês teremos, sopa de Courgette, Courgette panada, Courgette assada, Courgette gratinada e até Bolo de Courgette, sim, sim, leram bem, Bolo de Courgete, um bolo verdadeiramente low fat e tão doce como uma cavaca das Caldas, um Fradinho de Mafra ou um Travesseiro de Sintra.
Se os meus leitores insistirem muito, ainda coloco aqui neste sitio uma dessas receitas.

Coloco aqui uma foto das respectivas Courgettes ainda na covetes, imediatamente antes de serem transplantadas. A chuva impediu-me de tirar fotografias do trabalho final.



1 comentário:

  1. Olá Horticultor,
    Iniciei-me há muito pouco tempo nesta agradável aventura de fazer o meu próprio cantinho hortícola inserido no meu jardim, tentando criar um equilíbrio entre flores, relvado, e tomateiros, aromáticas, courgettes, etc etc.
    Acontece que as minhas courgettes, que até tiveram um bom arranque... por esta altura... e já depois do fruto aparecer e começar a crescer, em poucos dias, torna-se amarelado e apodrece!!! :(
    A terra é argilosa, que se torna betão enquanto seca e uma autêntica plasticina quando húmida.... já lhe juntei composto, mais à superfície ( pois a planta em si, até está bem desenvolvida ) para criar uma mistura mais permeável.
    Por desconfiar do excesso de humidade e localização à sombra por toda a manhã, atei-as a estacas, para evitar que o caule fique em contacto com o solo...

    Conto com a tua experiência na matéria para me ajudar a resolver este problema de pré-apodrecimento do fruto!

    cumprimentos e continua com este blog super interessante!

    ResponderEliminar